Uso do cartão com CHIP nos Estados Unidos



A maioria das compras que faço aqui é no meu TravelMoney, mas utilizo também o cartão de crédito, e meu cartão de crédito já vem com a tecnologia de CHIP, porém ainda tem a tarja magnética atrás, e em nenhuma das minhas compras precisei colocar senha, muito menos o chip foi utilizado.
Recebi um e-mail com uma dúvida com relação ao cartão que só possui o chip, sem a tarja magnética, ele funciona aqui nos Estados Unidos ? 
Resposta: Na grande maioria das lojas não, eu visitei algumas lojas aqui em New York e muitos tiveram dúvidas em saber se sim ou não, mas pude constatar que a maioria das máquina de cartão só tem a opção de deslizar o cartão na hora do pagamento, ou seja, ele só faz a leitura do cartão através da tarja magnética, não possue nenhum local para inserir o cartão para ler o CHIP.

Vamos entender melhor................



O Brasil é um dos países mais avançados na adoção do chip para cartões de crédito e débito no mundo.
Os cartões ganharam o chip, mas não perderam a tarja magnética que permite o acesso aos dados. Tal realidade já começa a dar sinais de mudança. Em alguns países já é grande o número de estabelecimentos onde os plásticos sem chip não são aceitos. (Mas nesse caso os países na Europa e outros, não EUA)
É preciso eliminar as tarjas dos plásticos para minimizar os prejuízos com clonagem e outros tipos de golpes, e alguns novos cartões estão vindo sem a tarja magnética.

No outro lado da moeda os americanos também estão tendo problemas quando eles viajam:


O Canadá, por exemplo, que adotou o chip ano passado já anunciou que seus caixas automáticos vão parar de aceitar cartões de tarja magnética em 2012. Já nos pontos de venda o bloqueio está marcado para 2015. Uma reportagem recente publicada pelo jornal The New York Times revelou que os americanos estão encontrando dificuldades para usar seus cartões de crédito e bancários quando viajam ao exterior. É que os plásticos dos EUA não têm os chips adotados em vários destes países. Uma senhora ouvida pela reportagem dizia ter tentado alugar uma bicicleta em um serviço público que existe em Paris, mas não conseguiu apesar de tentar em vários lugares. Outros americanos entrevistados disseram estar carregando dinheiro vivo quando viajam ao exterior, para a eventualidade do caixa automático não permitir o saque quando passarem o cartão.
O texto do jornal americano diz que na Europa, grandes restaurantes, hotéis e a maioria dos caixas automáticos continuam a aceitar a tarja magnética, mas lugares menores, como postos de gasolina, estacionamentos e quiosques de venda automática das estações ferroviárias, não.

PS: Em caso de emergência e você já estiver aqui nos Estados Unidos..

Se não passar no chip e nem na tarja, ainda há mais uma maneira para tentar, o lojista pode pegar a numeração do cartão e solicitar o débito à operadora. O processo pode ou não ser na hora, sendo assim, você pode ficar sabendo se foi aprovado.

Os versos dos cartões têm números gratuitos ou que aceitam ligação a cobrar para atender especificamente a emergências no exterior.
RESPONDIDO GALERA ? PRECISANDO TIRAR MAIS DÚVIDAS OU SE TIVEREM SUGESTÕES É SÓ MANDAR UM E-MAIL PARA : leandrocaldas@gmail.com 
Abraços 

8 comentários:

Nishan disse...

Muito bom o post ! Bem elucidativo. Estranhei bastante esta forma de cobrança no cartão de crédito nos EUA: o simples passar do cartão na máquina da loja (tarja magnética) efetuava o débito do mesmo. Algumas vezes eu tinha que assinar o recibo de papel onde dizia "eu me comprometia a pagar a dívida adquirda, etc" ou então assinar no visor com aquelas canetas que se usam em palmtop. Em NY todas as compras no cartão de crédito foram realizadas deste jeito e não consegui passar o cartão na função débito em nenhuma das lojas. Apenas nas máquinas do metrô. Em Orlando, o lojista para não perder a venda disse que poderia passar o meu cartão na função débito por meio de senha. Após ele reprogramar a máquina ele passou o meu cartão (sem chip) e eu digitei a senha. A compra foi realizada normalmente e debitada da minha conta no Brasil no mesmo instante.
Ah sim, dentro do avião também consegui fazer um compra na função débito.

Bina disse...

Oi Leandro, tudo bem? Sempre leio seu blog e adorei estas dicas sobre os cartões. Tenho uma dúvida e talvez você possa me ajudar, eu queria utilizar o visa travel money, porém me informaram que o cartão não é muito aceito, apenas em alguns lugares, esta informação procede? Ou o cartão é aceito em todo estabelecimento onde se aceita o cartão normal (de crédito). Se puder me ajudar agradeço, parabéns pelo blog eu adoro!

Leandro Caldas disse...

Oi Bina, ainda esta semana colocarei um post sobre o Travel Money.
Mas pode ficar tranquila que ele é muito aceito.
Okay?
beijos

Maurício Vargas disse...

Cara, obrigadão mesmo pela ajuda e pelo post especial aqui hein, haha.

abraços!

Leandro Caldas disse...

Maurício, precisando estamos ae.

Anônimo disse...

Ola Leandro! Obrigada pela ajuda! Mas fiquei com uma duvida quando li um comentario acima...a funçao débito automático do Cartao Credito/Debito Visa por exemplo, só funciona ai se o estabelecimento tiver máquina que passe o cartao com o chip? Se eu quiser pagar no debito, meu cartao tem chip, mas a maquina só desliza a tarjeta, é possivel tal operaçao? Obrigada. Brenda Magalhaes

Leandro Caldas disse...

De nada! Eu não encontrei nenhuma máquina que lê-se chip e fizesse no débito. Infelizmente não sei te responder com total certeza. Mas acredito que somente a função crédito você vai conseguir usar.
Até mais Brenda Magalhães

Anônimo disse...

Vou para Orlando e Miami, posso levar o cartão de credito da minha mãe e utilizar la sem problemas????

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...